terça-feira, 7 de julho de 2015

All the Bright Places - Opinião


All the Bright Places de Jennifer Niven

Sinopse (em português do Brasil):


Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.


Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.

Opinião:

Depois de ler algumas opiniões positivas deste livro e de ler a sinopse, fiquei com imensa curiosidade sobre o mesmo e decidi lê-lo. Achei o tema do suicídio nos adolescentes um assunto bastante interessante e quis saber onde iria dar.

Esta história é-nos contada através dos pontos de vista dos dois personagens principais - Finch e Violet - que por motivos diferentes encontraram-se perto de cometer suicídio. Depois de Finch salvar Violet deste destino, vai também impôr-lhe a parceria num trabalho da escola, que os leva a visitar diversos lugares do estado onde moram. 

Gostei bastante da Violet, que apesar de ser uma rapariga popular não é uma pessoa fútil e que só pensa nela, apesar de que sofreu um grande desenvolvimento ao longo de toda a história. Mas o Finch, apesar de ser o esquisito da escola e de ter períodos de instabilidade, é uma pessoa fantástica e que, apesar de todos os seus problemas, faz de tudo para restituir a alegria de viver a Violet. Enquanto Violet tem os pais que a adoram e se preocupam imenso com ela, fazendo de tudo para que ela retorne ao normal, a família de Finch é um pouco desestruturada, com uma mãe pouco presente e um pai violento que só está com os filhos uma vez por semana. De alguma maneira, a diferença familiar destes dois fez-me lembrar um pouco de Eleanor & Park, embora ao contrário.

O final é algo que nos faz estar mais atentos ao que nos rodeia e que é preciso um grande um esforço para o compreender. Depois de umas horitas consegui fazê-lo e aceitá-lo.

É um pouco difícil falar mais sem dar spoillers. Achei um livro bastante interessante, com uma história relativamente leve e descontraída mas ao mesmo tempo forte. Espero que este livro seja traduzido por cá, acho mesmo que o merece.




13 comentários:

  1. Olá Sara,
    Adorei a sinopse do livro, e amei a tua opinião. O tema do suicídio é muito complexo e esse livro parece deveras ser bastante interessante. Vou ficar com olho nele. Quem sabe quando sair em português, pois pela capa lês-te em inglês, certo? Se estiver já em português diz-me, ok? Obrigada.
    Beijinhos e boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla
      Sim, li em inglês, ainda não saiu por cá. Mas sei que já há tradução no Brasil, talvez haja em ebook.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
    2. Olá Sara,
      Pois mas eu ainda sou moda antiga uso só formato de papel ;)
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
    3. Eu percebo, também só este ano é que estou a aproveitar mais este formato. Mas acredito que vai ser traduzido por cá :)
      Beijinhos

      Eliminar
    4. Procurem em Portugal tbm meninas, as vezes saiu pra lá e não pra, cá então da pra comprar o ebook de lá na Amazon.

      Eliminar
  2. Não conhecia. Parece um bom livro, com um tema interessante.

    ResponderEliminar
  3. Olá Sara,
    Já oiço falar deste livro há algum tempo e sempre boas opiniões.
    Espero ter oportunidade de o ler assim que puder.

    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isaura
      Espero que gostes quando o leres ;)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  4. Olá Sara,
    Não conhecia o livro mas gostei da tua opinião e achei interessante. A ver se o consigo ler!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Olá,
    Tens uma TAG para ti no meu blog.
    Beijinhos e boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá
      Obrigada, vou responder ainda esta semana :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar