quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Hannibal, A Origem do Mal - Opinião

Título: Hannibal, A Origem do Mal
Série: Hannibal Lecter (#4)
Autor: Thomas Harris
Editor: Casa das Letras
Edição/ reimpressão: 2006
Páginas: 276









Sinopse:

Conhecemos o seu nome, os seus métodos, os seus apetites… mas nunca poderemos imaginar como tudo começou…
Em "Hannibal: a Origem do Mal" ficamos a conhecer a infância e a adolescência de Hanniball Lecter, o célebre serial killer de "O Silêncio dos Inocentes", e de como se transformou num psicopata canibal.
Thomas Harris traça as origens de Hannibal e da irmã, Misha, na Lituânia, quando os pais são mortos pelas tropas de Hitler. Hannibal sobrevive aos horrores da II Guerra Mundial e, com apenas oito anos, foge para a França. É adoptado por Lady Murasaki, a mulher do tio, uma bela e misteriosa aristocrata japonesa. Completamente só, Hannibal leva os seus demónios consigo que o visitam e atormentam constantemente. É o aluno mais novo de sempre a entrar para a escola médica e, então, passa a ser ele a atormentar os seus próprios demónios. A adolescência torna-se num permanente ajuste de contas com o passado. Descobre que tem dons para além dos académicos e, nessa epifania, Hannibal Lecter torna-se num prodígio da morte.


Opinião:

Já tinha este livro cá em casa há algum tempo, mas nunca tive muita vontade de o ler, uma vez que é o quarto da série Hannibal Lecter e não tenho nem me interessa adquirir os anteriores. No entanto, como já conheço algumas coisas sobre a personagem e o livro até é pequeno, decidi então dar agora uma oportunidade.

Acabei por não gostar muito, achei algumas partes aborrecidas, e apesar de ter algumas cenas algo macabras, acabou por não me cativar muito. A escrita do autor também não me convenceu por aí além.



6 comentários:

  1. Olá Sara,
    Que pena que não te agradou mas melhores leituras virão ;)
    Não tenciono ler os livros mas quero ver os filmes.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita
      Sim, também quero ver os filmes na mesma :)
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Sara, é mais uma prova de que normalmente os instintos não nos enganam... Mas pelo menos podes dizer que lhe deste oportunidade, que não continuará na estante sem ser tocado!
    Venham leituras mais saborosas!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade. A intenção também era essa :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  3. Olá,
    É uma pena que o livro não tenha sido melhor, mas ao menos já o tiraste da tua tbr e já tiraste a prova dos nove para ver se valia ou não a pena. :)
    Também é um livro que não pretendo ler.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar