sábado, 30 de janeiro de 2016

O Diário de Anne Frank - Opinião


 O Diário de Anne Frank

Sinopse:

Todos conhecem a história profundamente dramática da jovem Anne Frank. Publicado pela primeira vez em 1947, por iniciativa de seu pai, o diário veio revelar ao mundo o que fora, durante dois longos anos, o dia-a-dia de uma adolescente condenada a uma voluntária auto-reclusão, para tentar escapar à sorte dos judeus que os alemães haviam começado a deportar para supostos "campos de trabalho". Tentativa sem final feliz. Em Agosto de 1944, todos aqueles que estavam escondidos no pequeno anexo secreto onde a jovem habitava foram presos. Após uma breve passagem por Westerbork e Auschwitz, Anne Frank acaba então por ir parar a Bergen-Belsen, onde vem a morrer em Março de 1945, a escassos dois meses do final da guerra na Europa.

Opinião:

Não sei como demorei tanto tempo a ler este livro. Como já disse aqui antes, o holocausto é um tema que me interessa bastante. Foi uma época horrível, que demonstrou como os humanos podem ser cruéis, mas também bondosos e ter muita força, dependendo do lado que vemos. Já conhecia a história de Anne há algum tempo, tanto por ouvir falar, como por uma adaptação cinematográfica, mas só agora li mesmo o livro.

Fiquei bastante surpreendida com a escrita. Nunca pensei que um diário, com o intuito de desabafar e não ser lido por outros, pudesse ser tão interessante e ter uma escrita tão cativante. Gostei bastante das partes relativas à guerra e à situação que viviam na casa, mas também gostei muito de ver o crescimento e desenvolvimento de Anne ao longo do tempo que esteve fechada na casa.

É uma história com um final triste, mas que acho que vale muito a pena ler. E é de algum modo tranquilizante saber que, apesar de não ter sobrevivido a este terror, um dos maiores desejos de Anne se ter cumprido: que um dos seus livros fosse lido por muitas pessoas e que se tornasse uma verdadeira referência.



6 comentários:

  1. Olá Sara,
    Não li este livro na iniciativa Holocausto, pois já o tinha lido duas vezes e este livro é fabuloso.
    Beijinhos e boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla
      É mesmo excelente, talvez o releia também daqui a uns anos.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  2. Olá Sara
    Reli este livro em Janeiro e voltei a adorar!
    É, sem dúvida, um excelente livro.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Viva,

    Vergonha nunca li e ja tive oportunidades, tenho que ler :)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá
      Não podes deixar a próxima espcapar ;)
      Beijinhos

      Eliminar