sábado, 16 de setembro de 2017

Azul é a Cor Mais Quente

Blue Is the Warmest Color

Título: Azul é a Cor Mais Quente
Autora: Julie Maroh
Ano de publicação: 2010

Sinopse:

Originalmente publicado em França como Le bleu est une couleur chaude, Blue is the Warmest Color é uma novela gráfica sobre o crescimento, o enamoramento e a "saída do armário". Clementine é uma normal estudante do liceu: tem amigos, família e a atenção dos rapazes da escola. Quando um amigo, deliberadamente gay, a leva a sair pela cidade, ela vagueia por um bar lésbico onde encontra Emma: uma rapariga confiante, de cabelo azul. A atração é imediata e elétrica e Clementine envolve-se numa relação que vai testar as suas amizades, família e as suas ideias sobre si mesma e a sua identidade.

Opinião: 

Há muito tempo que ouvia falar muito bem desta Graphic Novel, vi muitas opiniões de que era uma das melhores histórias de amor. 

No entanto eu não concordo completamente. É uma história de amor LGBT, entre duas mulheres, mas não foi isso que me fez não gostar assim tanto do livro. Achei que havia demasiadas traições na história e também achei que a relação das duas poderia ter sido mais desenvolvida, houve poucos momentos em que estiveram juntas.

A maneira como acabou também não me convenceu muito, achei um pouco desnecessário. Mas é um livro que se lê bem e tem algumas partes bonitas.


Sem comentários:

Publicar um comentário