domingo, 26 de novembro de 2017

Cem Anos de Solidão - Opinião

Cem Anos de Solidão

Título: Cem Anos de Solidão
Autor: Gabriel García Márquez
Ano de publicação: 1967

Sinopse:

Esta é a história da família Buendia, de Aurelianos e Josés Arcadios, geração após geração, de milagres e fantasias,de paixões e adultérios, descobertas e tragédias, de mortes e mortos, de histórias e histórias... e de muitas vidas, tantas quantas as línguas em que este romance já foi traduzido. O realismo mágico na pena de um dos maiores escritores do nosso tempo!

Opinião:

Quem nunca ouviu falar de Cem Anos de Solidão ? Era um livro que já queria ler há algum tempo e aproveitei o país do trimestre de A Volta ao Mundo em Livros ser a Colômbia para finalmente o fazer. Também o encaixei na categoria Árvore de Natal (livro sobre famílias) do Christmas in the Books.

É um livro interessante, mas à medida que foi avançando, fui achando um pouco confuso. Os nomes das persogens são muito parecidos, mesmo tendo a árvore genealógica no início do livro, fiquei baralhada algumas vezes. Para isto também contribuiu o facto de que por vezes o autor dá informações do que se vai passar mais à frente, levando-me a pensar que aquele assunto tinha ficado por ali, mas não, ainda vai acontecer depois e ser mais desenvolvido.

Este não foi um livro que me impulsionasse a sua leitura, principalmente por os capítulos serem  relativamente grandes e com muito poucos diálogos. O facto de por vezes haver saltos temporais grandes também contribuiu para que fosse perdendo um pouco o interesse.

Apesar de até ter gostado, confesso que estava à espera de um pouco mais deste livro.



8 comentários:

  1. Li este livro há alguns anos e tenho memórias muito bonitas associadas à altura em que o li :) é engraçado como as coisas funcionam, nesse sentido, não é? Os saltos temporais e os nomes repetitivos também me confundiram um pouco - e percebo que com todo o "burburinho" em torno do livro, este possa desiludir. Já leste mais do autor?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, também gosto quando pensar num livro nos faz recordar algumas coisas da altura em que o lemos.
      Pois, as expectativas eram altas, mas talvez também não o tenha lido na melhor altura.
      Não, este foi o primeiro, há algum que recomendes?

      Eliminar
    2. Só li o "Crónica de uma morte anunciada", além deste! Gostei bastante - talvez mais do que deste. Mas lá está, não sou talvez a melhor pessoa para aconselhar :) eu e o meu namorado temos mais uns quantos dele em que eu ainda não peguei!

      Eliminar
  2. Olá Sara,
    Este é daqueles livros que quero ler há muito tempo e estava a pensar lê-lo precisamente para os dois desafios mas, se ando sem vontade para pegar nele, agora depois da tua opinião, ainda tenho menos vontade :/ Talvez um dia.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita
      Até podes gostar, a maior parte das pessoas gosta bastante.
      Mas sim, se não andas com vontade de pegar nele, não vale a pena forçar. Nenhum livro deve ser forçado, mas este então não deve ser mesmo.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  3. Olá, Sara!
    Li esta obra há muitos anos e já estive com ela na mão para relê-la, mas sempre tenho medo principalmente por aquilo que te fez não gostar muito dela... Acho que vou adiar indefinidamente a vontade...
    Aconselho-te a ler "Amor em tempos de cólera" É o meu favorito do autor e recomendo-o vivamente!!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana
      Se já leste uma vez, a releitura deve ser mais fácil :)
      Fica anotado!
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar