quinta-feira, 23 de junho de 2016

A Chama ao Vento - Opinião


Título: A Chama ao Vento 
Autor: Carla M. Soares
Editor: Coolbooks
Edição/ reimpressão: 2014
Páginas: 430

Sinopse:

Vivem-se os anos mais negros da Segunda Guerra Mundial, e a vida brilha com a força e a fragilidade de uma chama ao vento. Na Lisboa de espiões e fugitivos dos anos 40, João Lopes apresenta à sua amiga Carmo um estrangeiro mais velho, homem de segredos e intenções obscuras que depressa a seduz, atraindo os dois jovens para uma teia de mistérios e paixões de consequências imprevistas.
Anos volvidos, Francisco, jornalista, homem inquieto, pouco sabe de si próprio e menos ainda de Carmo, a avó silenciosa que o criou, chama apagada de outros tempos. É João Lopes quem promete trazer-lhe a sua história inesperada, história da família e dos passados perdidos nos tempos revoltos da Segunda Grande Guerra e da Revolução de Abril. Para João, é uma história há muito devida. Para Francisco, o derrubar dos muros que ergueu em torno da memória e da própria vida.
Um retrato íntimo de Portugal em três gerações, pela talentosa escritora de Alma Rebelde.


Opinião:


Este foi o terceiro livro que li da autora e foi, para mim, a confirmação do seu enorme talento. Acho que há uma grande diferença de livro para livro, há uma notória evolução. Embora tenha gostado de todos, achei este melhor que Alma Rebelde, e O Cavalheiro Inglês o melhor de todos. Mal posso esperar que a autora lance mais algum livro.

Vamos conhecendo Francisco, ao mesmo tempo que ele também se vai descobrindo a si próprio. Ao mesmo tempo que recorda o seu passado, vai percebendo quem ele é na realidade. Não é uma pessoa fácil, é um pouco egoísta e superficial, mas tem as suas razões para isso e vamos acompanhando a sua evolução.

A história da sua avó e de João Lopes também tem um grande relevo neste livro. Francisco percebe que nunca a conheceu verdadeiramente. Confesso que não percebi bem algumas atitudes por parte de Carmo, não a achei muito justa em algumas ocasiões. Por outro lado, também achei demasiado tudo o que João suportou em nome do amor.

É bastante interessante irmos descobrindo as coisas ao mesmo tempo que Francisco, perceber porque é como é. Gostei muito, recomendo vivamente.





10 comentários:

  1. Olá Sara,
    Adoro a escrita da Carla e este não foi excepção mas eu gostei mais do livro mais recente - O Cavalheiro Inglês =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Viva,

    Ena tenho que ler então, pelo menos fica desde já registado como livro a ler...a Carla é muito simpática e merece bem ser divulgada :)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fiacha
      Gosto mesmo muito dos livros dela, tens de experimentar :)
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Olá Sara,
    Já estás a dar bom uso ao teu e-reader :)
    Que bom! Ainda bem que gostaste.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isaura
      Sim, tem sido bem usado :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  4. Da autora apenas li O Cavalheiro Inglês. Adorei! Não estava nada à espera, pois não costumo ler muitos romances históricos. Talvez aposte neste :)

    ResponderEliminar
  5. Olá,
    Esta autora portuguesa tem sempre críticas muito positivas, por isso só pode ser uma escritora cheia de talento.
    Tenho mesmo de ver se leio qualquer coisa dela, mas sinceramente não sei por qual começar.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá
      Eu adoro!
      Na minha opinião devias começar pela ordem de publicação, primeiro Alma Rebelde, depois A Chama ao Vento e depois O Cavalheiro Inglês, uma vez que são todos bons, mas a qualidade vai aumentando de livro para livro.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar