terça-feira, 23 de junho de 2015

A Praia das Pétalas de Rosa - Opinião


Título: A Praia das Pétalas de Rosa
Autora: Dorothy Koomson
Editor: Porto Editora
Edição/ reimpressão: 2013
Género: Romance
Páginas: 544


Sinopse:

Todas as histórias de amor sofrem reviravoltas.
Depois de quinze anos de um grande amor e um casamento perfeito, Scott, marido de Tamia, é acusado de algo impensável.
De repente, tudo aquilo em que Tamia acreditava - amizade, família, amor e intimidade - parece não ter qualquer valor. Ela não sabe em quem confiar, nem sonha o que o futuro lhe reserva.
Então, uma estranha chega à cidade, para lançar pétalas de rosas ao mar, em memória de alguém muito querido e há muito perdido. Esta mulher transporta consigo verdades chocantes que transformarão as vidas de todos, incluindo Tamia que será obrigada a fazer a mais dolorosa das escolhas.
O que estaria disposta a fazer para salvar a sua família?


Opinião:

Antes de mais quero realçar a beleza desta capa, é fantástica e tem tudo a ver com a história. Quando vi e peguei no livro pela primeira vez, antes de o adquirir, reparei que continha algumas imagens. Quando o comecei a ler percebi que se situavam no início de cada capítulo, mas que era sempre a mesma. No início fiquei um pouquinho desapontada, mas logo passou, é uma imagem bonita e acho que dá outra vida à história.


Sempre ouvi críticas muito boas sobre este livro e, juntamente com e beleza da capa, a sinopse que me pareceu interessante e o facto de gostar das histórias e escrita de Dorothy Koomson, fez com que este se tornasse um dos livros que mais queria ter e ler. Mesmo assim recebi-o no Natal e só o consegui ler agora eheh.

A história é-nos contada através da perspetiva de várias personagens, como já é habitual nos livros desta autora (pelo menos naqueles que eu já li). Uma delas é Tamia, que percebe que muito daquilo em que acredita pode ser, afinal, mentira.

Este foi um livro que me agarrou desde a primeira página, desde a primeira frase. Depois de começar só descansei quando o acabei. É muito, muito forte, que nos faz refletir bastante: podemos pensar que conhecemos muito bem uma pessoa, há imenso tempo, e afinal não a conhecemos de todo; que realmente as aparências enganam, nem tudo o que parece é; que as pessoas podem ser muito egoístas; mas que há outras que, apesar de tudo, não conseguem abandonar os amigos; que a família é sempre o mais importante; que por vezes temos mesmo de acreditar nos nossos instintos. Enfim, são tantas as emoções que este livro nos proporciona: incredulidade, nojo, sensação de "bem feita", revolta mas também que a amizade a família são muito importantes.

Neste livro apenas não gostei muito de uma generalização feita, acho que não é bem assim. Houve também algumas partes, muito poucas, que achei que estavam um pouco a mais, não contribuíram em nada para o resto da história. Houve algumas personagens que me irritaram profundamente, mas isso faz parte, e não é um ponto negativo.

Concluindo, adorei o livro, achei mesmo muito bom e digno de todas as críticas positivas que recebe. Recomendo vivamente!



8 comentários:

  1. Este é o meu livro favorito da autora, mas honestamente tenho um bocadinho de medo de o reler >.< Na altura achei que era perfeito... hoje provavelmente iria arranjar alguma coisa com a qual "pegar" :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá. Pois geralmente à segunda ou mais vezes reparamos em coisas que não tínhamos reparado da primeira vez e que nem sempre são positivas

      Eliminar
  2. Ois,

    Bem tenho que ver se consigo ler pois parece uma livro excelente e um excelente exemplo de vida, pois muitas vezes nem tudo é como parece :)

    Nota-se que gostaste bastante do livro, é sempre bom quando assim acontece :D

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá
      Acho que é mesmo um bom livro, tenta mesmo ler.
      Gostei muito muito mesmo.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  3. Olá Sara,
    Tenho mesmo que ler o livro e a ver se é em breve. Até já está na estante =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Olá Sara,
    Adorei a tua opinião, nota-se que é um livro que nos transmite uma mensagem de vida, quando referes:«temos mesmo de acreditar nos nossos instintos». Gostei mesmo muito. Devo dizer que tenho alguns livros desta escritora mas nunca li nada dela e vou estrear-me na sua leitura com este livro.
    Beijinhos e boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, acho que é mesmo um bom livro.
      Eu também tenho quase todos, mas tirando este só li O Outro Amor da Vida Dele que também adorei e Bons Sonhos, Meu Amor que, dos três, foi o que menos gostei.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar